Manutenção para baterias de tração

MANUTENÇÃO PARA BATERIAS DE TRAÇÃO

 

NÃO DESCARREGAR A BATERIA MAIS DE 80% DA SUA CAPACIDADE

Lembre-se de que não é aconselhável descarregar a bateria mais de 80% da sua capacidade, deverá colocá-la em carga antes de chegar a esse ponto.

No entanto, não ponha a bateria em carga se não for necessário e se o seu nível de carga estiver a mais de 70% . Isso faz com que a bateria sofra, pois todos os términos de carregamento elevam a bateria para uma tensão máxima, onde pode subir em bateria de empilhadoraexcesso a temperatura e onde pouco a pouco a matéria ativa se vai arrastando, a qual faz com que a bateria da sua empilhadora
perdendo a superfície de contacto nas placas de chumbo.

CONTROLAR O NÍVEL DE ELETRÓLITO

Encher apenas com água especial para baterias (Destilada – desionizada), caso contrário, a vida da bateria ficará reduzida consideravelmente devido às impurezas que se acrescentam à bateria.

O nível de eletrólito deverá estar sempre pelo nível indicado na tampa do reservatório, ou, na sua falta, devemos ajustar o nível de água até que as placas de chumbo estejam cobertas em 2 cm. (aproximadamente)

manutenção de baterias empilhadoras
manutenção de baterias empilhadoras

Se o nível de eletrólito for superior ao máximo indicado, é possível que no próximo carregamento haja projeção ao exterior e, portanto, produzir-se-á uma perda de eletrólito com a causa de perda de densidade dos elementos da bateria.

NÃO ACRESCENTAR ÁCIDO À BATERIA

Se o eletrólito for derramado por acidente ou por excesso de enchimento, NUNCA ACRESCENTE ÁCIDO, encha com água destilada e avise o serviço técnico de baterias e amperes mais próximo com o intuito de que solucionem a anomalia.

NÃO DEIXAR EM REPOUSO A BATERA DESCARREGADA.

As baterias não podem ficar descarregadas durante longos períodos de tempo, pois as placas ficariam danificadas e a sua vida útil ficaria reduzida. Ao manter a bateria descarregada durante muito tempo sofremos com o efeito memória, isto faz com que percamos capacidade de descarga quando voltamos a trabalhar com a bateria.

CARGA DA BATERIA

  • CARGA NORMAL

Use sempre um carregador de baterias adequado tanto em voltagem como em saída de Ah para a sua bateria de tração, caso contrário as cargas não serão corretas e a bateria danificar-se-á muito rapidamente.

Consulte com A Baterias y Amperios qual o carregador adequado para a sua bateria.

Levante a tampa da bateria com o intuito de arejar bem a bateria do seu empilhador elevatório.

Conecte a bateria ao equipamento carregador com a polaridade correta de (+positivo e negativo)

O carregamento realiza-se a seguir, tendo todo o cuidado para não ultrapassar os valores de intensidade e tensão recomendados para cada tipo de bateria. Os sistemas de carregamento mais frequentes realizarão automaticamente a carga.

A temperatura da bateria não deve ultrapassar os 50º, nesse caso a intensidade do carregamento deverá ser reduzida ou, se necessário, o carregamento deverá ser interrompido.

  • CARGA DE IGUALAÇÃO

Como a sua missão é facilitar a homogeneização dos elementos da bateria aplicando sobrecarga, prolongando a carga normal, segundo o processo, as cargas de igualação/equalização devem ser feitas uma vez por mês ou então a cada 21 cargas normais.

A primeira coisa a fazer é dar uma carga normal, segundo indicado anteriormente.

Uma vez finalizado o carregamento normal, coloque o carregador em modo de equalização/igualação; existem carregadores com um botão adicional para este tipo de carga. Também há carregadores que realizam o processo automaticamente a cada determinadas cargas normais.

MANTER A BATERIA LIMPA E SECA

Mantenha a parte superior dos elementos e da bateria, bem como o invólucro da bateria, limpos e secos.Sulfato/Corrosão bateria empilhadora reparação e manutenção

Isto previne perdas de corrente e ajuda a conseguir o máximo rendimento na bateria da sua empilhadora.

Será utilizado um pano, escova, corrente de ar a pressão ou será lavada com água. Se a parte superior da bateria estiver suja de eletrólito derramado, deverá neutralizar-se com uma solução de bicarbonato de sódio a 10% em água, aplicando-a na bateria e no seu invólucro com uma escova, certificando-se sempre de que as tampas estejam perfeitamente fechadas para evitar que o líquido de lavagem entre no interior.

Quando aplicar esta solução vai produzir-se efervescência. Quando acabar, lave com água.

Comprove, depois da limpeza, que as aberturas das tampas não ficaram obstruídas.

Quando a bateria estiver seca, deve proteger com vaselina neutra todas as conexões, e substituir as conexões flexíveis que estiverem em mau estado.

NÃO DEPOSITAR OBJETOS METÁLICOS NA PARTE SUPERIOR DA BATERIA

Para evitar curto-circuitos não se podem depositar objetos na parte superior da bateria, também é necessário evitar chamas, faíscas, ou explosões perto da bateria.

 

Conheça mais conselhos para cuidar das suas baterias de tração ou estacionárias

Baterias y Amperios